XXXVIII Congresso da Socesp (Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo)

15 - 17 de junho de 2017; São Paulo, Brasil

Perspectivas

TAVI mudou a história natural da estenose aórtica em pacientes com alto risco cirúrgico
Apesar dos avanços conquistados com a melhora das próteses, uso de anticoagulantes em pacientes com o implante vem sendo questionado, aponta especialista

 

Socesp 2017: o melhor do evento e o que esperar para o próximo ano
Congresso deste ano trouxe reflexões sobre temas pouco abordados pelos cardiologistas, como espiritualidade, terminalidade, e parceria médico-paciente com foco na adesão ao tratamento

 

Baixa adesão ao tratamento e pouca orientação médica são as principais razões para o descontrole da pressão em hipertensos
Apenas 20% dos hipertensos brasileiros está com a pressão controlada. Os Drs. Bruno Valdigem e Luciano Drager discutem as principais razões para esse cenário sombrio

 

O desafio do manejo do paciente com diabetes e doença cardiovascular
É preciso que o cardiologista saiba abordar esse paciente tanto no âmbito da prevenção de novos eventos quanto no manejo das duas doenças, dizem especialistas

 

Vale investir em prevenção na terceira idade?
Para o Dr. Mauricio Wajngarten isso depende da individualização do tratamento e, principalmente, das perspectivas e expectativas de cada paciente

 

Prevenção de eventos tromboembólicos: sucesso está no controle da FA, da PA, e na boa anticoagulação
Para os Drs. Bruno Valdigem e José Francisco Kerr Saraiva, esta é a principal mensagem aos cardiologistas e clínicos da atenção primária, à luz dos novos estudos sobre a relação entre FA e AVC

 

Espiritualidade e saúde cardiovascular
Para especialistas que pesquisam o tema, forma de lidar com os desafios e dificuldades da vida pode contribuir para o adoecimento ou para a manutenção da saúde

 

Programa quer reduzir 25% das mortes por doença cardiovascular até 2025
Proposta é uma inversão do que vem sendo feito até agora, diz especialista, mas é factível

 

PINNACLE: registro nacional de dados da prática clínica quer melhorar tratamento cardiológico
Coleta de dados abrange doença arterial coronária, hipertensão arterial sistêmica, fibrilação atrial e insuficiência cardíaca, e será feita por meio de formulário eletrônico