ObesityWeek® 2022: O que impede o tratamento eficaz da obesidade?

Marlene Busko

Notificação

21 de novembro de 2022

A ObesityWeek ® 2022 é a maior conferência internacional sobre obesidade, com mais de cem sessões, e a edição deste ano coincidiu com o 40º aniversário da Obesity Society. O evento, realizado de 1 a 4 de novembro, teve formato híbrido, no qual os participantes puderam comparecer presencialmente, na cidade de San Diego, nos Estados Unidos, ou virtualmente.

"O evento oferece uma perspectiva ampla, que abrange desde a ciência básica até as políticas públicas sobre estudos de tratamento e prevenção da obesidade", disse em entrevista ao Medscape a coordenadora de planejamento do programa científico da ObesityWeek ®, Dra. Kelly C. Allison, Ph.D.

A abertura da reunião foi realizada no dia 1º de novembro com "uma série de palestras rápidas (...) sobre os assuntos mais atuais na área", observou a Dra. Kelly, que também é diretora do Center for Weight and Eating Disorders do Hospital of the University of Pennsylvania e professora de psiquiatria na University of Pennsylvania, todos nos EUA.

Na abertura, a Dra. Ania M. Jastreboff, Ph.D., falou sobre "Novos desenvolvimentos na farmacoterapia antiobesidade", e o Dr. Theodore K. Kyle discutiu o tema "Reduzindo as barreiras ao tratamento: coberturas dos seguros-saúde".

"Estamos vendo alguns medicamentos antiobesidade bastante eficazes, mas eles ainda não são cobertos por muitos seguros", disse a Dra. Kelly. Alguns médicos hesitam em prescrever medicamentos antiobesidade, devido ao histórico de fármacos mais antigos que foram retirados do mercado por apresentarem riscos à saúde, e alguns pacientes também podem ter preocupações relacionadas a esses remédios, ela especulou. É necessário que haja mais informações sobre os medicamentos antiobesidade disponíveis atualmente.

Em seu discurso, o Dr. Dan Bessesen, médico e professor de medicina na University of Colorado, nos EUA, abordou o tema "Regulação do peso corporal e respostas adaptativas à perda de peso".

A obesidade infantil também foi um dos principais focos da conferência deste ano, observou a Dra. Kelly.

No dia 3 de novembro a Obesity Society, a World Obesity Federation, a European Association for the Study of Obesity e a Obesity Canada apresentaram um simpósio conjunto, com o tema "Inovações internacionais em obesidade infantil", com palestrantes do Canadá, da Austrália e da Irlanda discutindo as mudanças de paradigma que estão em andamento na prevenção e no tratamento da obesidade infantil.

Posteriormente, em um simpósio conjunto da American Academy of Pediatrics (AAP) com a Obesity Society, os participantes conheceram os bastidores da criação da nova Diretriz de Práticas Clínicas para Obesidade da AAP para crianças e adolescentes com obesidade.

Os temas da conferência refletiram o amplo escopo do evento, em que foram abordados os seguintes assuntos: metabolismo e fisiologia integrativa; neurociência; estudos intervencionistas e clínicos; saúde comunitária; prática clínica/profissional e políticas públicas/saúde pública. Além disso, foi abordada como subtema a erradicação das barreiras ao tratamento.

Tirzepatida e muito mais

A Dra. Kelly destacou as seguintes apresentações orais e pôsteres sobre medicamentos antiobesidade:

  • "Semaglutida subcutânea, na dose de 2,4 mg, uma vez por semana, em adolescentes com sobrepeso ou obesidade", com uma sessão estendida de perguntas e respostas, em 2 de novembro.

  • "Desfechos clínicos do uso de medicamentos em um programa pediátrico de controle de peso na atenção terciária", de Enayet et al. Pôster 030.

  • "O paradigma do obeso metabolicamente saudável e o conteúdo de gordura hepática no estudo longitudinal de Fels", de Garza et al. Apresentação oral 055, em 2 de novembro.

  • "Ensaio clínico de fase 3 da metformina para tratamento da covid-19 em adultos com sobrepeso e obesidade", de Bramante et al. Apresentação oral 067, em 3 de novembro. Este ensaio foi publicado no periódico New England Journal of Medicine [1] , conforme publicado anteriormente pelo Medscape

  • "Agonista duplo do receptor de glucagon/GLP-1 BI 456906 reduz o peso corporal em pacientes com diabetes tipo 2", de Rosenstock et al. Apresentação oral 063, em 3 de novembro. 

  • "Estudo controlado randomizado de naltrexona, bupropiona e terapia comportamental para o transtorno de compulsão alimentar episódica", de Grilo et al. Apresentação oral 066, em 3 de novembro.

No dia 4 de novembro, pesquisadores apresentaram quatro resumos orais sobre a tirzepatida, um agonista duplo do receptor do polipeptídeo insulinotrópico dependente de glicose (GIP, sigla do inglês glucose-dependent insulinotropic polypeptide) e do peptídeo 1 semelhante ao glucagon (GLP-1, sigla do inglês glucagon-like peptide-1), aprovada para uso no diabetes tipo 2 e que recentemente recebeu a aprovação acelerada da Food and Drug Administration (FDA) dos EUA para uso na perda ponderal. Os resumos orais 109, 110, 111 e 112 discutiram a perda ponderal com o uso da tirzepatida em populações de diferentes faixas etárias, índices de massa corporal e comorbidades, além de abordarem a qualidade de vida dos pacientes.

A Dra. Kelly também destacou as seguintes apresentações, que abrangeram outros temas:

  • Tratamento familiar: "Estudo piloto para caracterização de um ensaio controlado randomizado sobre o Health Living Program (HeLP): prevenção e tratamento da obesidade em famílias hispânicas", de Haemer et al. Apresentação oral 029, em 2 de novembro.

  • Cirurgia bariátrica: "Desfechos de longo prazo da gastrectomia vertical laparoscópica de 2010 a 2016: um estudo de coorte nacional". Apresentação oral 014, em 2 de novembro.

  • Prevenção/saúde pública: "Impacto de rótulos alimentares frontais positivos e negativos em um experimento randomizado", de Grummon et al. Apresentação oral 068, em 3 de novembro.

  • Dieta com restrição de tempo: "Efeitos de restrição da alimentação a oito horas para perda ponderal ao longo de 12 meses", de Gabel et al. Apresentação oral 102, em 4 de novembro.

  • Manejo de pacientes: "Identificando fatores interprofissionais causadores de lacunas na prática e no manejo de pacientes com obesidade", de Robinson et al. Pôster 055.

No dia 4 de novembro, pesquisadores apresentaram cinco trabalhos vencedores, que serão publicados na edição de dezembro do periódico Obesity, com os seguintes temas: agonistas de GLP-1 versus cirurgia bariátrica; monoacilglicerol O-aciltransferase 1 em camundongos; intervenção comportamental para perda ponderal; Canberra Obesity Management Service, na Austrália, e o (des)equilíbrio de macronutrientes em um ambiente obesogênico.

"Fico sempre empolgada para ver apresentações sobre temas que estão fora da minha zona de conforto e entender melhor os mecanismos da obesidade", concluiu a Dra. Kelly.

Siga o Medscape em português no  Facebook , no  Twitter  e no  YouTube .

Comente

3090D553-9492-4563-8681-AD288FA52ACE
Comentários são moderados. Veja os nossos Termos de Uso

processing....