Cannabis de alta potência ligada a mais vício e doenças mentais

Carolyn Crist

Notificação

1 de agosto de 2022

A potência da Cannabis aumentou em todo o mundo nas últimas décadas e esse aumento tem levado mais pessoas a se tornarem viciadas em maconha, de acordo com um novo estudo publicado no periódico Lancet Psychiatry.

As pessoas que usam concentrações mais elevadas de tetrahidrocanabinol, ou THC, são mais propensas ao vício e a problemas de saúde mental, descobriram os autores deste estudo.

Para a pesquisa, os cientistas estabeleceram uma "unidade padrão de THC" como 5 mg, a qual produz uma leve intoxicação para usuários não regulares. Produtos de baixa potência tem 5 mg a 10 mg de THC por grama de maconha, disseram os pesquisadores.

"Um dos estudos de alta qualidade incluídos em nossa publicação descobriu que o uso de Cannabis de alta potência, em comparação com a Cannabis de baixa potência, estava ligado a um risco quatro vezes maior de dependência", disse à CNN o Dr. Tom Freeman, Ph.D., autor sênior do estudo e diretor do Addiction and Mental Health Group da University of Bath, no Reino Unido.

O Dr. Tom e colaboradores revisaram estudos que analisaram as ligações entre a potência da Cannabis e a saúde mental e o vício. Os pesquisadores analisaram 20 estudos que incluíram relatos sobre ansiedade, depressão, psicose e transtorno por uso de Cannabis, ou dependência de maconha.

No geral, o uso de Cannabis de maior potência foi associado a um maior risco de transtorno por uso de Cannabis, em comparação com o uso de Cannabis de menor potência.

Os achados parecem estar alinhados com as tendências nas taxas de dependência da Cannabis e tratamento do transtorno em todo o mundo, "enquanto a potência da Cannabis continuou a aumentar ao mesmo tempo", disse o Dr. Tom à CNN.

Durante a última década, o European Monitoring Centre for Drugs and  Drug Addiction constatou um aumento de 76% no número de pessoas que iniciam o tratamento para a dependência da Cannabis. Nos EUA, cerca de 3 em cada 10 pessoas que usam maconha têm transtorno por uso de Cannabis, de acordo com os Centers for Disease Control and Prevention (CDC).

Além disso, um relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) descobriu que, nas últimas duas décadas, a "proporção de pessoas que procuram tratamento para a dependência de Cannabis aumentou em todas as regiões do mundo, exceto na África", disse o Dr. Tom.

Em um grama de Cannabis natural, as concentrações de THC aumentaram cerca de 2,9 miligramas por ano, de acordo com outro estudo do Dr. Tom e colaboradores, publicado em 2020. Na resina de Cannabis usada para fazer extratos e concentrados, os níveis de THC aumentaram cerca de 5,7 miligramas a cada ano entre 1975 e 2017, constataram os pesquisadores.

Os consumidores podem não saber sobre a potência do produto ou o que a potência significa, disse o Dr. Tom. Aqueles que compram a maconha em uma loja onde ela é legalmente vendida podem ter acesso ao rótulo do produto, mas aqueles que compram Cannabis ilegalmente "podem não ter acesso a informações confiáveis sobre a potência do produto que estão usando", acrescentou.

Embora as pessoas possam tentar ajustar a quantidade que consomem "adicionando menos Cannabis aos cigarros ou inalando menos profundamente", disse o Dr. Tom, isso pode não funcionar tão bem quanto o esperado. Os produtos de alta potência ainda fornecem uma dose maior de THC do que os produtos de baixa potência, observou.

Na revisão, o Dr. Tom e colaboradores também descobriram que a Cannabis mais potente estava ligada a mais casos de psicose associada à maconha. Isso pode significar uma "perda de contato com a realidade", como delírios e ouvir vozes, disse ele à CNN.

Mas a associação com ansiedade e depressão variou entre os estudos, "o que significa que o impacto não é claro para esses outros desfechos em saúde mental", concluiu o Dr. Tom.

FONTES:

Lancet Psychiatry: "Association of cannabis potency with mental ill health and addiction: a systematic review."

CNN: "Highly potent weed creating marijuana addicts worldwide, study says."

CDC: "Marijuana and Public Health: Data and Statistics."

Addiction: “Changes in delta-9-tetrahydrocannabinol (THC) and cannabidiol (CBD) concentrations in cannabis over time: systematic review and meta-analysis.”

Siga o Medscape em português no  Facebook , no  Twitter  e no  YouTube

Comente

3090D553-9492-4563-8681-AD288FA52ACE
Comentários são moderados. Veja os nossos Termos de Uso

processing....