Aumento alarmante de câncer de esôfago é observado em indivíduos de meia-idade

Pam Harrison

Notificação

24 de maio de 2022

Aumento alarmante tanto do câncer de esôfago quanto do esôfago de Barrett (uma lesão precursora primária para o adenocarcinoma) tem sido observado em indivíduos de meia-idade nos últimos cinco anos, e isso não está ocorrendo devido a um rastreamento melhor ou mais frequente, alertam autores de um novo estudo feito nos Estados Unidos.

"Descobrimos que a prevalência de câncer de esôfago e de esôfago de Barrett pode ter, de fato, atingido um platô nos mais velhos, porém há um aumento preocupante da sua prevalência em indivíduos de meia-idade, apesar do fato de que não houve um aumento na realização de endoscopia nessa população", disse em uma coletiva de impressa o médico Dr. Bashar Qumseya, professor associado de medicina e chefe de endoscopia da University of Florida, nos Estados Unidos.

"Isso deveria ser uma grande preocupação para médicos e pacientes, e é nossa sugestão que talvez deveríamos considerar o rastreamento de pacientes de meia-idade ou até mesmo mais jovens para essas duas doenças", acrescentou.

O estudo foi destacado durante uma coletiva de imprensa anterior à Digestive Disease Week (DDW) 2022, que ocorre entre 21 e 24 de maio em San Diego, nos Estados Unidos.

Rede de pesquisa 

A análise foi conduzida utilizando registros eletrônicos de saúde da OneFlorida Clinical Data Research Network, uma base de dados que cobre mais de 40% dos residentes na Flórida.

Os pesquisadores identificaram pacientes diagnosticados com câncer de esôfago ou esôfago de Barrett entre 2012 e 2019. "O desfecho primário de interesse foi a prevalência ajustada de câncer de esôfago e de esôfago de Barrett na população", declararam os pesquisadores.

A coorte foi categorizada por idade: entre 18 e 44 anos (jovens), entre 45 e 64 anos (de meia-idade) e 65 anos ou mais (idosos). O número de pacientes registrados na base de dados variou a cada ano, indo de 4.238.884 a 5.411.838 pacientes por ano, observaram os pesquisadores. Interessantemente, no ano mais recente da pesquisa, 2019, mais mulheres (acima de 57%) foram diagnosticadas com câncer de esôfago do que homens.

Durante o período do estudo, a prevalência de câncer de esôfago se manteve estável nos idosos, porém quase dobrou nos pacientes de meia-idade, de uma taxa de 49 por 100.000 indivíduos em 2012 para 94 por 100.000 indivíduos em 2019.

De forma similar, houve um aumento de 50% na prevalência do esôfago de Barrett no mesmo período, de 304 por 100.000 indivíduos em 2012 para 466 por 100.000 indivíduos em 2019, novamente no grupo de pacientes de meia-idade. O maior aumento na prevalência do esôfago de Barrett foi nos pacientes com 51 a 60 anos, seguidos por aqueles com 61 a 70 anos e, por último, nos indivíduos com 41 a 50 anos, apontaram os pesquisadores.

Dados dessa mesma coorte também indicaram que a grande maioria dos pacientes com múltiplos fatores de risco para câncer de esôfago ou esôfago de Barrett (obesidade, dieta e doença do refluxo gastroesofágico) nunca realizou uma endoscopia, "então, definitivamente nós podemos fazer melhor", disse o Dr. Bashar. Uma forma simples de "fazer melhor" seria oferecer aos pacientes uma endoscopia quando eles fossem fazer sua primeira colonoscopia na idade recomendada de 45 anos, sugeriu.

"Não estou numa posição de criar as diretrizes", comentou o Dr. Bashar. "Porém, nós já temos diretrizes que sugerem que pacientes com múltiplos fatores de risco para câncer de esôfago e esôfago de Barrett sejam rastreados, e como sabemos a partir dos nossos dados que isso não está acontecendo, acredito que se um paciente tem múltiplos fatores de risco, deveria fazer pelo menos uma endoscopia de rastreamento no momento da colonoscopia. Caso contrário, estamos perdendo uma boa oportunidade de fazê-lo e, pessoalmente, penso que isso é algo que nós deveríamos considerar", concluiu o médico.

Digestive Disease Week (DDW) 2022: Abstract 671. A ser apresentado em 23 de maio de 2022.

Siga o Medscape em português no Facebook, no Twitter e no YouTube.

Comente

3090D553-9492-4563-8681-AD288FA52ACE
Comentários são moderados. Veja os nossos Termos de Uso

processing....