Teste rápido: trombose venosa profunda

Dr. Richard H. Sinert

Notificação

29 de setembro de 2021

Os fatores de risco têm um papel preponderante na avaliação da probabilidade de trombose venosa profunda antes da realização dos exames. Além disso, fatores de risco transitórios permitem uma breve anticoagulação bem-sucedida, enquanto a trombose venosa profunda idiopática ou os fatores de risco crônicos ou persistentes justificam o tratamento prolongado.

Os fatores de risco mais comuns são obesidade, história de tromboembolia venosa, câncer, cirurgia, trauma e imobilização. Em termos patológicos, resíduos de trombos anteriores costumam ser observados nas amostras de novos trombos agudos.

Outros fatores de risco conhecidos são:

  • Idade

  • Tabagismo

  • Insuficiência cardíaca

  • Distúrbios de hipercoagulabilidade

  • Acesso venoso profundo

  • Gestação

  • Anemia falciforme

  • Uso de contraceptivos orais ou reposição de estrogênio

Não há predomínio de sexo associado ao quadro de trombose venosa profunda. O uso de bebidas alcoólicas não é considerado risco específico independente de trombose venosa profunda. Embora certas cirurgias aumentem o risco deste quadro, uma análise determinou que a cirurgia do menisco não é um fator de risco importante de trombose venosa profunda ou embolia pulmonar.

Leia mais sobre os fatores de risco de trombose venosa profunda.

Comente

3090D553-9492-4563-8681-AD288FA52ACE
Comentários são moderados. Veja os nossos Termos de Uso

processing....