Resumo do mês em diabetes e endocrinologia: dois estudos e uma aprovação

Dr. Fabiano M. Serfaty

Notificação

17 de agosto de 2021

Neste artigo

2. Complicações relacionadas ao diabetes tipo 2 na transição da adolescência para a idade adulta

Publicado no periódico NEJM, um trabalho do TODAY Study Group avaliou a ocorrência de complicações relacionadas ao diabetes tipo 2 na transição da adolescência para a idade adulta.

O ensaio clínico multicêntrico, que foi realizado de 2004 a 2011, avaliou os efeitos de três tratamentos: metformina isolada, metformina + rosiglitazona ou metformina + intervenção no estilo de vida.

A média de idade dos 500 participantes incluídos nas análises foi de 26,4 ± 2,8 anos, e o tempo médio desde o diagnóstico de diabetes tipo 2 foi de 13,3 ± 1,8 anos. A incidência de hipertensão foi de 67,5%, de dislipidemia foi de 51,6%, de doença renal diabética foi de 54,8% e de neuropatia foi de 32,4%.

Ao final do acompanhamento, em janeiro de 2020, 60,1% dos participantes haviam apresentado pelo menos uma complicação associada ao diabetes no período estudado, e 28,4% apresentaram pelo menos duas complicações.

A maioria dos participantes no início da idade adulta apresentou risco de complicações microvasculares.

Os fatores de risco de complicações foram grupo étnico, hiperglicemia, hipertensão e dislipidemia.

Para lembrar:
Pacientes com diabetes tipo 2 diagnosticados na juventude apresentam um importante risco de complicações, inclusive complicações microvasculares, que aumentam de forma constante ao longo do tempo. Este riscou afetou a maioria dos pacientes do estudo no início da idade adulta.

Referência:
Long-Term Complications in Youth-Onset Type 2 Diabetes | NEJM. (2021). New England Journal Of Medicine. Retrieved from https://www.nejm.org/doi/full/10.1056/NEJMoa2100165

Comente

3090D553-9492-4563-8681-AD288FA52ACE
Comentários são moderados. Veja os nossos Termos de Uso

processing....