Diabetes pode acelerar agravamento da covid-19, sugere estudo

Megan Brooks

Notificação

19 de julho de 2021

Nota da editora: Veja as últimas notícias e orientações sobre a covid-19 em nosso Centro de Informações sobre o novo coronavírus SARS-CoV-2.

NOVA YORK (Reuters Health) — O diabetes parece ser o principal fator para acelerar o agravamento da covid-19, de acordo com um estudo feito com pacientes japoneses.

"Entre pacientes japoneses, alterações glicêmicas podem ser o maior fator de risco na evolução de pacientes com covid-19 para o estado grave", disse a líder do estudo, Dra. Shizuka Kaneko, do Takatsuki Red Cross Hospital em Osaka, em uma apresentação do estudo nas sessões científicas da American Diabetes Association (ADA).

A Dra. Shizuka e seus colaboradores fizeram uma avaliação retrospectiva em 102 pacientes (51% do sexo masculino; média de idade de 62 anos; índice de massa corporal médio de 27,6 kg/m2) que haviam sido internados no Takatsuki Red Cross Hospital com covid-19 "moderada" e saturação de oxigênio inicialmente "favorável". Quase metade (49%) dos pacientes tinha diabetes tipo 2.

Segundo a Dra. Shizuka, 88,0% dos pacientes que evoluíram com covid-19 grave e necessidade de ventilação mecânica tinham diabetes. Dentre os que tinham diabetes, 24,5% (25 pacientes) melhoraram.

Houve uma correlação significativa entre o agravamento do quadro de moderado para grave e a hemoglobina glicada (A1c) ≥ 6,2%, mas não com hipertensão, índice de massa corporal, insuficiência renal, doença pulmonar e insulinoterapia. Idade avançada e sexo masculino foram fatores de risco secundários para a progressão da covid-19.

"Nossos achados esclarecem sobre a ameaça combinada da covid-19 e do diabetes na saúde da população mundial e reforçam a importância da prevenção do diabetes –agora mais do que nunca", disse a Dra. Shizuka em uma declaração durante a conferência.

"Embora não seja possível prever as futuras pandemias, o diabetes pode ser controlado de forma eficaz, o que pode ter impactos de longo alcance nos desfechos dos pacientes, especialmente em tempos de crise sanitária, como o surto de covid-19", acrescentou ela.

A Dra. Shizuka alertou em sua apresentação que um estudo mais abrangente é necessário para avaliar melhor o diabetes como fator de risco de agravamento da covid-19.

O estudo não teve financiamento comercial e os autores informaram não ter conflitos de interesses.

FONTE: https://bit.ly/2T4HsV6

81ª sessão científica da American Diabetes Association, de 25 a 29 de junho de 2021.

Siga o Medscape em português no Facebook , no Twitter e no YouTube

Comente

3090D553-9492-4563-8681-AD288FA52ACE
Comentários são moderados. Veja os nossos Termos de Uso

processing....