Brasil confirma primeiro caso de Covid-19

Leoleli Schwartz

Notificação

26 de fevereiro de 2020

O Ministério da Saúde pode confirmou nesta quarta-feira (26) o primeiro caso de Covid-19 no Brasil. Trata-se de um homem de São Paulo que esteve recentemente a trabalho na região da Lombardia, na Itália, onde já foram registrados 374 casos de infecção pelo SARS-CoV2 (sigla do inglês para Severe Acute Respiratory Syndrome CoronaVirus 2).

Em coletiva de imprensa para anunciar a confirmação do primeiro caso, o Ministério da Saúde informou que outros 20 casos suspeitos estão sendo investigados: um caso em Pernambuco, na Paraíba e no Espírito Santo, dois casos em Minas Gerais, no Rio de Janeiro e em Santa Catarina, e outros 11 casos em São Paulo. Até o momento, 59 outros casos suspeitos foram descartados.

A notificação do primeiro exame positivo foi feita pelo Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, na terça-feira (25). De acordo com informações divulgadas no site do Ministério da Saúde, o hospital “adotou todas as medidas preventivas para transmissão por gotículas, coletou amostras e realizou testes para vírus respiratórios comuns e o exame específico para SARS-CoV2 (RT-PCR, pelo protocolo Charité), conforme preconizado pela Organização Mundial de Saúde (OMS)”. Diante do resultado positivo, o hospital enviou amostras para o Instituto Adolfo Lutz para a realização de uma contraprova, que confirmou o diagnóstico positivo.

O paciente, um homem de 61 anos, residente na capital paulista, iniciou com sinais e sintomas (febre, tosse seca, dor de garganta e coriza) compatíveis com a suspeita de Covid-19. O paciente, informou o ministério “está bem, com sinais brandos, recebeu as orientações de precaução padrão”, e está em isolamento domiciliar, sendo monitorado diariamente.

Durante a coletiva, o ministro da Saúde Dr. Luiz Henrique Mandetta afirmou que o ministério já vem tomando algumas medidas antevendo diferentes cenários, o que inclui a compra de medicamentos e insumos (máscaras e equipamentos de proteção) e o aluguel de máquinas de suporte ventilatório de acordo com a necessidade de cada estado. O ministro descartou ações restritivas em aeroportos e fronteiras e ressaltou a importância das medidas de prevenção da transmissão do SARS-CoV2.

“É mais uma gripe que a humanidade vai ter de atravessar. Como acontece com todo vírus, a medida de melhor controle é informação e agilidade”, disse o ministro.

O ministério informou ainda que as autoridades municipais e estaduais de saúde de São Paulo já estão fazendo a identificação e o monitoramento de 30 pessoas da família que tiveram contato com o paciente, e dos passageiros do voo que o trouxe da Itália ao Brasil.

Siga o Medscape em português no Facebook, no Twitter e no YouTube

Comente

3090D553-9492-4563-8681-AD288FA52ACE
Comentários são moderados. Veja os nossos Termos de Uso

processing....