Teste: você está preparado para enfrentar a pielonefrite?

Dr. Vecihi Batuman

Notificação

3 de abril de 2018

A apresentação clássica da pielonefrite aguda é a tríade de febre, dor no ângulo costovertebral, náuseas e/ou vômitos. Estes podem não estar todos presentes, no entanto, ou podem não ocorrer ao mesmo tempo. Os sintomas podem ser de mínimos a graves, e geralmente se apresentam ao longo de horas ou ao longo de um dia. Raramente, os sintomas evoluem ao longo de vários dias, e podem até mesmo estar presentes há algumas semanas antes do paciente procurar atendimento médico. Os sintomas de cistite podem ou não estar presentes em diferentes graus. Estes pode ser o aumento da frequência urinária, hesitação urinária, dor abdominal baixa e urgência urinária.

Ter história de algum dos seguintes fatores indica aumento do risco de pielonefrite complicada:

  1. Alterações estruturais do trato urinário

  2. Alterações funcionais do trato urinário

  3. Alterações metabólicas (p. ex., diabetes descompensado) com predisposição para infecções do trato urinário (ITU)

  4. Uso recente de antibióticos

  5. Instrumentação recente do trato urinário

  6. Transplante ou outro estado de comprometimento imunológico

  7. Gravidez

A presença de qualquer um dos fatores de complicação descritos acima deve aumentar o índice de suspeição do médico. Em muitos casos, há mais de um fator de complicação envolvido. Além disso, se o paciente for do sexo masculino, idoso ou criança, ou tiver tido sintomas por mais de sete dias, a infecção deve ser considerada complicada até prova em contrário.

Os sinais e sintomas clássicos observados nos adultos muitas vezes estão ausentes nas crianças, particularmente nos recém-nascidos e nos lactentes. Nas crianças com dois anos de idade ou menos, os sintomas mais comuns de infecção do trato urinário são retardo do crescimento, dificuldade de alimentação, febre e vômitos. Quando há febre, a pielonefrite deve fazer parte do diagnóstico diferencial.

Hematúria macroscópica (cistite hemorrágica) está presente em 30% a 40% dos casos de pielonefrite nas mulheres, na maioria das vezes entre as jovens. A hematúria macroscópica é incomum entre os homens e deve levar à consideração de uma causa mais séria.

Para mais informações sobre a apresentação de pielonefrite aguda, clique aqui.

Comente

3090D553-9492-4563-8681-AD288FA52ACE
Comentários são moderados. Veja os nossos Termos de Uso

processing....