Você conhece essas doenças sexualmente transmissíveis?

Dr. Michael Stuart Bronze

Notificação

12 de dezembro de 2016

A criocirurgia é uma forma rápida e eficiente de tratar a doença simples pelo HPV. Ela funciona por meio do congelamento da água intracelular, resultando na destruição da célula. Esse método é eficiente para a maioria das verrugas cutâneas e para a neoplasia intraepitelial cervical de baixo grau. Os principais problemas do procedimento são desconforto, ulceração e formação de crostas no sítio de tratamento. A taxa de recorrência (22%) é semelhante à da eletrocirurgia.

As verrugas no corpo do pênis e na vulva respondem muito bem a crioterapia. A crioterapia do reto é dolorosa e tem menos sucesso. A técnica não está recomendada para uso na vagina porque a profundidade da ablação não pode ser controlada e é possível haver dano de estruturas adjacentes, como bexiga e reto. Como a crioterapia não resulta em absorção sistêmica, ela é segura para mulheres grávidas no segundo e terceiro trimestres de gestação, assim como para o feto.

Para mais sobre o tratamento do HPV, leia aqui.

Comente

3090D553-9492-4563-8681-AD288FA52ACE
Comentários são moderados. Veja os nossos Termos de Uso

processing....